CULTURAL

Xavantes visitam o Cemepe e escolas municipais

postado em 8 de mai de 2015 11:28 por Andre Martins   [ 13 de mai de 2015 12:20 atualizado‎(s)‎ ]

Indígenas dialogaram sobre os seus costumes e condições de vida na aldeia

No dia 20 de abril de 2015, indígenas da etnia Xavante visitaram o CEMEPE com o intuito de divulgar a sua cultura para professores e alunos da Rede Municipal de Ensino de Uberlândia-MG.

Na ocasião, os indígenas dialogaram sobre os seus costumes e condições de vida na aldeia, esclarecendo dúvidas dos participantes. Além disso, apresentaram uma dança típica no espaço de convivência do CEMEPE que, segundo eles, é direcionada ao Criador. A dança se deu com movimentos feitos em roda, com cânticos na língua nativa.

Como parte das atividades, os indígenas dialogaram com professores e alunos da E.M. Otávio Batista Coelho Filho e da E. M. Amanda Carneiro Teixeira, que se mostraram bastante interessados e curiosos, inclusive pelo fato da grande maioria estar diante de um indígena pela primeira vez. Os alunos fizeram muitos questionamentos aos indígenas, que não conseguiram responder a todos, dado o volume de perguntas.

Para a professora Carmen Lúcia de Oliveira, que atua no Núcleo de Educação das Relações Etnicorraciais - NERER, “o encontro foi muito proveitoso por sentirmos de perto os valores de outra cultura, outro modo de viver e de se relacionar. Foi uma oportunidade rica dos alunos e alunas conhecerem os indígenas e saberem detalhes do cotidiano deles. Quanto aos profissionais, percebemos que muitos estão abordando a questão indígena e assistiram a apresentação como parte do currículo escolar que contempla a lei 11.645/2008”.

Visita à escolas municipais

Índios da etnia Xavante, da Aldeia Namunkurá, localizada no município de Barra do Garça (MT), mudaram a rotina da Escola Municipal Mário Alves Araújo Silva, no bairro Luizote de Freitas, em Uberlândia, na manhã desta quinta-feira (16). À tarde, foi a vez dos alunos da E.M Prof. Mário Godoy Castanho receberem o grupo. E nesta sexta (17) mais duas escolas da rede pública municipal terão a oportunidade de conhecer os costumes e tradições indígenas.


1-1 of 1