Qualidade e quantidade no II SIAVA e I SIMAVA

postado em 5 de mai de 2015 05:14 por Andre Martins   [ 15 de jun de 2015 10:36 atualizado‎(s)‎ ]
“Avaliação educacional e produção da qualidade: para além dos resultados quantitativos”. Com essa temática, foi realizado o I Seminário de Avaliação Municipal de Educação de Uberlândia e o II Seminário Internacional de Avaliação. O evento foi promovido a partir da parceria do Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação Educacional (GEPAE/UFU) com a Secretaria Municipal de Educação de Uberlândia (SME), além do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM).

 O Seminário foi realizado nos dias 28,29 e 30 de abril promoveu discussões por meio de palestras, mesas redondas, pesquisas e relatos de experiências, fornecendo subsídios teóricos e práticos para problematizar a avaliação educacional em suas múltiplas dimensões e modalidades, colocando em questão o debate acerca das políticas públicas de educação e da organização do trabalho pedagógico no contexto escolar. A palestra de abertura “Avaliar para aprender: desafios teóricos e práticos da avaliação pedagógica (formativa e somativa)”  foi proferida pelo professor Domingos Fernandes, do Instituto de Educação (Universidade de Lisboa) que destacou que dentre várias (Im) Pertinências apontadas  no estudo da temática, destacou que “A avaliação é, por natureza, subjetiva e este facto incontornável não impede que ela produza resultados úteis, justos, com real significado e rigorosos.”  e apontou, como propósitos  a serem perseguidos: integrar o ensino, a aprendizagem e a avaliação; diversificar os métodos, as estratégias e as tarefas de avaliação; e envolver ativamente os alunos nos processos de avaliação.

O evento teve como pontos altos também a palestra da profa. Dra. Mara Regina Lemes de Sordi (FE UNICAMP) com a temática “Avaliação Institucional Participativa”; e a realização de cinco mesas redondas envolvendo educadores das instituições municipal, estadual e federal de ensino. As temáticas abordadas foram: Métodos de avaliação, a função social da avaliação, as infâncias e a avaliação e a avaliação externa.

No dia 30 de abril, no período da tarde, houve a apresentação de pesquisas e relatos de experiências de 84 trabalhos aprovados pela comissão científica do evento nas salas do Bloco O do Campus Santa Mônica.

O Seminário, em vários momentos, contou com apresentações culturais envolvendo a participação de alunos da rede municipal de ensino e com uma equipe de “sussurradoras” que recitaram poemas para o público presente na abertura do evento ao pé do ouvido.