Editorial



O

 Cemepe Informa, em sua quinta edição, segue firme em seu propósito de integrar os diversos núcleos que atuam neste centro de formação, divulgando suas ações e inaugurando um espaço para que os educadores problematizem a educação. Nossa meta é ir além da simples informação e abranger as unidades escolares. Assim, o nosso espaço de OPINIÃO que traz dois artigos instigantes assinados por Mauro Sérgio Santos e Marta Fontoura Queiroz Cantuário. Nossos mestres e articulistas trazem, respectivamente, o conhecimento filosófico e a problematização da violência. O professor Mauro do Núcleo das Linguagens, em uma linguagem didática, nos presenteia com seu texto “O Parteiro das ideias”, ou seja, o filósofo Sócrates (469-399 a.C.) que se ocupava da investigação do ser humano. “O que é o Homem? Qual é a sua essência? Quem é você? [...] Como alguém pode ousar conhecer o mundo exterior aquele que sequer conhece a si mesmo?” Martha Foutora, agora atuando no NEDH, no artigo “Assim caminha a humanidade”, voltando seu olhar para a escola e para o currículo problematiza, em que medida, a escola tem contribuído não somente para a aprendizagem, mas para a educação do sujeito. Ela quer saber, que parcela de responsabilidade cabe à escola no processo de construção de uma visão humanizadora da educação que contemple aspectos voltados para a convivência, para a não violência e para uma aprendizagem significativa.

O Boletim, com dois textos, inaugura o caderno de Relatos de Experiência. Os textos foram encaminhados pela professora (doutoranda) de Geografia, Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues. Ela é a coordenadora da área de Geografia e, neste ano, passou a integrar a equipe do NTE. O primeiro texto do caderno RELATOS, “Relato de experiência da utilização do autódromo como gincana avaliativa, na EM Professor Jacy de Assis, no município de Uberlândia”, trata-se da apresentação de um projeto destinado a avaliar saberes, a partir do emprego, metodológico, de um autódromo como gincana na disciplina de Geografia com alunos do 6º ano da EM Professor Jacy de Assis, bairro Aurora. O trabalho foi apresentado pelas professoras de Geografia, Silma Rabelo Montes e Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues. O segundo texto, “Relato de experiência do projeto interdisciplinar Dengue, Coleta Seletiva e Água, na EM Professor Jacy de Assis”. O texto aborda a implantação de um projeto transversal na referida escola como estratégia de promoção da saúde para prevenção e controle da Dengue. E foi apresentado pelos professores Samuel do Carmo Lima e Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues.

Os outros cadernos desta edição, CURSOS, FORMAÇÃO CONTINUADA e GERAL, dizem respeito a matérias que recebemos alguns dos cursos oferecidos no primeiro semestre, encontros de formação a encargo de professores formadores das áreas e eventos e novidades. 

No caderno CURSOS, destacamos o Curso para Ingressantes de 2005 e 2006 oferecido no início do ano, com a finalidade de integrar educadores à dinâmica da Secretaria Municipal de Educação (SME); as 17 turmas dos cursos oferecidos pelo NADH na área da educação especial (AEE) e o curso de Informática Básica oferecido pelo NTE em duas turmas para funcionários da SME na perspectiva da inclusão digital. 

No caderno GERAL, destacamos a participação dos educadores municipais no Seminário organizado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) para discussão da Base Curricular Comum, realizado no dia 09 de março de 2016. E, também o curso oferecido pela Escola Técnica de Saúde (ESTES/UFU), no dia 31 de março de 2016, “Identificação de Vetores”, para estudantes professores dos cursos técnicos de Meio Ambiente, Controle Ambiental e do Instituto de Genética e Bioquímica da UFU. O curso foi ministrado pela professora/formadora da área de Geografia, Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues. Foi destaque também nesse caderno a ação do Audiovisual de implantar 02 terminais de consultas no hall de entrada do Cemepe a partir do dia 28 de março. Os equipamentos, em caráter experimental, visam melhorar a comunicação entre cursistas e o Centro de Estudo por meio de consultas ao site da instituição. Assim, a partir do dia 28 de março, em caráter experimental, o uso dos equipamentos foi liberado e os mesmos podem ser usados pelos cursistas, pela comunidade, pelos professores municipais e demais profissionais da educação da Rede Pública Municipal de Uberlândia. 

 No caderno FORMAÇÃO CONTINUADA, tiveram destaque a formação promovida no dia 13 de abril pelo Núcleo de Educação em Direitos Humanos (NEDH) para os trabalhadores da educação com a temática “Política e Cidadania”. O encontro de formação foi ministrado pelo Prof. Dr. Edilson José Graciolli, coordenador do Instituto de Ciências Sociais (INCIS) da UFU. A visita da formadora de Geografia, Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues em 13 escolas da rede para sensibilizar os professores para participarem ativamente dos encontros de formação da área no centro de estudos. E o segundo Encontro de Formação de Geografia que teve como ministrante o Prof. Dr. João Carlos Oliveira (UFU/ESTES) com a temática “Comunidade Escolar Mobilizada na Promoção da Saúde: Possibilidades e Desafios”.

Assim entregamos mais uma edição ao crivo dos educadores municipais e demais leitores, esperando que elas multipliquem novos olhares para as futuras edições.